Dérbi lisboeta termina com a invencibilidade do Sporting

O Dérbi lisboeta, jogado este sábado na Luz, ditou o fim da invencibilidade do Sporting após 32 jornadas sem derrotas.

Dérbi lisboeta e invencibilidade do Sporting
Dérbi lisboeta termina com a invencibilidade do Sporting - ®DR

O Benfica acabou, este sábado, com a invencibilidade do Sporting no campeonato ao bater os leões, no Dérbi lisboeta, por 4-3 no estádio da Luz. Pizzi (29’) Seferovic (12 e 49 minutos, este último na conversão de uma grande penalidade) e Lucas Veríssimo (37’) marcaram para as águias, enquanto Pedro Gonçalves (45+1 e 77, o segundo de penálti) e Nuno Santos (62’) apontaram os golos dos leões na Luz.

O Sporting que conseguiu o feito de fazer 32 jogos sem perder, acabou por sucumbir este sábado na Luz, em jogo da 33.ª e penúltima jornada.

Seferovic e Pedro Gonçalves, com dois golos cada no dérbi, continuam empatados na liderança da lista de melhores marcadores, cada uma com 20 golos.

O jogo começou com ambas as equipas a lutarem pela posse de bola e houve apenas um remate para cada lado, nos primeiros 10 minutos. Dois minutos depois, Seferovic fugiu à defesa leonina, picou a bola por cima de Adán e abriu o marcador na Luz.

Pizzi foi uma das figuras do jogo, estando em evidencia aos 29 minutos, picou a bola por cima de Adán e marcou o segundo do Benfica no jogo.

Do lado esquerdo do ataque encarnado, na sequência de um pontapé de canto, Lucas Veríssimo faz o terceiro golo do Benfica.

O Sporting pressionava o rival e em cima do intervalo, num livre indireto, Pedro Gonçalves, entrou na área e rematou de pé esquerdo para o fundo da baliza de Helton Leite, relançando a esperança do leão no jogo.

Na segunda parte, o Benfica voltou a entrar mais forte na partida. Grimaldo foi carregado em falta por Matheus Nunes na área e árbitro Tiago Martins assinalou grande penalidade. Da marca dos onze metros, Seferovic não falhou e bisou na partida, aumentando também a vantagem para a equipa da Luz.

Aos 62 minutos, os leões voltaram a ser felizes na área encarnada. Nuno Santos com um remate colocado, bateu Helton Leite, reduzindo novamente a desvantagem no marcador.

Com o passar do tempo, o Benfica foi perdendo a intensidade e a posse de bola. O Sporting aproveitava para demonstrar a sua capacidade ofensiva. Na área encarnada, Pedro Gonçalves foi carregado em falta por Lucas Veríssimo e o árbitro assinalou grande penalidade.

Aos 78 minutos, Pote, encarregou-se de marcar o penalti e bateu o guarda-redes benfiquista fazendo o terceiro golo dos leões. Até final, o Sporting foi incapaz de igualar o encontro.

Com este triunfo, no dérbi lisboeta, os encarnados quebram a invencibilidade do Sporting, campeão em título. O Benfica soma agora 73 pontos, menos um que o FC Porto, que jogou este sábado em Vila do Conde.

aNOTÍCIA.pt